Histórico

Diretoria

Infra-Estrutura

News

Biblioteca

Papo de Hangar

SIPB

Links

Panorâmicos

Vídeos

Aventuras

Crônicas

Eventos

site elaborado para resolução de monitor igual ou maior que 1200x800pxs - exibição de fonte em tamanho médio - com janelas 'pop-up' desbloqueadas

foto: Cmte. Murilo Menezes

 MAIS DE 10 ANOS NO DIA-A-DIA DA INTERNET

pagina atualizada em:  23/04/2018 - 05:40:42


Cmte. Cláudio Fontenele, em fim de tarde... quando os pássaros retornam aos seus ninhos, mesmo aqueles que não batem asas.

INSCRIÇÕES PARA O 18º ENU

13 a 16 de setembro de 2018
no MALAI MANSO RESORT IATE GOLF CONVENTION & SPA
Chapada dos Guimarães, a 80km de Cuiabá/MT

Caros filiados,

Abrimos as inscrições para nosso 18º Encontro da Família ABUL - 18º ENU, que acontecerá no período de 13 a 16 de setembro de 2018, no MALAI MANSO RESORT IATE GOLF CONVENTION & SPA; localizado na cidade de Chapada dos Guimarães, a 80km de Cuiabá.

Para mais informações e fazer a sua reserva, conecte-se ao site da ABUL com login e senha.

A diretoria.

RG ALBRECHT ENCERRA ATIVIDADES

Depois de 29 anos, criada em 21 de julho de 1989, vou encerrar as atividades, mas antes gostaria de contar-lhes alguns detalhes da empresa.

Eu parei de voar no garimpo quando a CERAMARTE, lá de Rio Negrinho-SC, finalizou a implantação da linha de montagem dos helicópteros ROTORWAY e os primeiros ficaram prontos.

Eu participara do planejamento e seria o Representante nacional. Para vender os RotorWay eu necessitava de uma Pessoa Jurídica e criei a RG ALBRECHT REP. LTDA. As perspectivas eram boas...Eu tinha uma lista de 55 compradores....a Ceramarte & nbsp, montava cinco helicópteros por mês e minha comissão era de dez mil US por cada um vendido.

Eu vendia as máquinas, testava e voava as horas iniciais (20 hs) com cada uma, a Ceramarte fazia a primeira revisão e eu levava a máquina para o cliente fazendo a entrega. Lembro que um dos clientes queria receber logo seu helicóptero e ofereceu um “ágio” para passar à frente...

Eu respeitava a fila....ai anunciei aos que já estavam com a data de entrega que havia alguém querendo comprar uma vaga....

O 3° ou 4° da fila, não lembro mais, vendeu sua vaga e entrou no final da fila novamente. O Luiz Fernando recebeu seu helicóptero e eu ensinei-o a voar...Ele era piloto de ultraleves.

Ai veio o Plano Collor....meus 55 compradores sumiram...em três meses entreguei nove helicópteros e tivemos que interromper a produção por falta de clientes....

Eu fui chamado por uma empresa que vendia a aeronave STOL feita na Colômbia, para ser o Piloto de Demonstração mas, as vendas não aconteceram e a empresa fechou.

Ai a SINOS Aeronáutica trouxe para o Brasil a aeronave ultraleve MAI 890 , da Rússia. Me convidaram para ser o Piloto de Demonstração. A SINOS tinha um grande escritório na Rua México no Centro da Cidade do Rio de Janeiro.

Naquela época a ABUL havia começado sua ascensão...e eu montei o escritório da ABUL numa das salas cedida pela SINOS. Lá passei um bom tempo, cuidando da ABUL e demonstrando o MAI890 pelo Brasil. Estas histórias que vivi como demonstrador, conto no livro PILOTO DESPORTIVO ainda no prelo.

Quando a SINOS faliu e entregou seu escritório, aluguei um conjunto de salas na Rua Santa Luzia, quase esquina da Rua México.

Lá eu cuidava da ABUL e vivia do meu soldo de Oficial da Reserva da FAB. Trabalhava da hora que chegava, normalmente por volta das 08 horas até as 19 ou 20 horas.

Minha empresa de Representação foi transformada em Serviços Aeronáuticos quando vi que os proprietários de ultraleves não se habilitavam porque voavam aeronaves não registradas...ai,...errado por errado...,viviam na irregularidade. Eles não sabiam como registrar uma aeronave e eu resolvi ajudá-los.

Comecei a registrar e legalizar as aeronaves no RAB do DAC através da RG Albrecht. Para me ajudar contratei, como auxiliar, o filho de um amigo mas com ele não deu certo. Ai fiquei sozinho e não tinha tempo para ir ao DAC dar entrada e retirar documentos. Necessitava de um ajudante...

Um funcionário do Registro Aeronáutico Brasileiro-RAB me indicou uma pessoa que havia sido soldado do DAC e que dera baixa da FAB...Fiz contato e chamei o Gonçalves , que trabalhava como serralheiro, para trabalhar comigo.

Ensinei a ele como instruir e conduzir um processo de registro de uma aeronave no RAB... isto foi lá pelo ano 2004.

Naquele ano, ou um pouco depois, a Bradesco Seguros que fazia o Seguro RETA das aeronaves, parou com este serviço... sem este seguro não podíamos registrar as aeronaves....

Consegui , graças a um amigo que era sócio de uma Seguradora que tinha um SEGURO SAÚDE  (creio que se chamava ASSIM) que abrisse uma carteira de Seguros de Responsabilidade Civil para aeronaves. Para agilizar, a RG ALBRECHT passou a receber o valor do Seguro, pagar a Seguradora e enviar o Seguro para os filiados.

Ai a Bradesco Seguros voltou a fazer o Seguro RETA...foi quando conheci o LEO da Via Oriente que se tornou parceira da ABUL pois negociou com o Bradesco uma Apólice Coletiva para a ABUL. O valor do Seguro feito pela Apólice Coletiva podia ser menor devido ao “volume” de aeronaves seguradas pela mesma Apólice. Continuamos a cuidar dos seguros da Apólice da ABUL pois a contabilidade da ABUL ficaria muito complicada se misturássemos anuidades com seguros.

No ano de 2007 eu fui contratado pela Helistar Taxi Aéreo como Gerente de Operações...como meu local de trabalho passou a ser em Jacarepaguá, a quinze minutos da minha casa,  eu deixei de ir a cidade...

Como eu deixaria de cuidar dos registros de ultraleves, convidei o Gonçalves para se sócio da RG Albrecht ...  ele tinha um pró-labore... os outros sócios eram eu e meu filho Yuri que substituiu sua mãe , minha sócia na criação da empresa, quando nos divorciamos ... ele só constava no Contrato Social.

Na continuação a ABUL recebeu um reforço, seu atual Secretário Executivo, meu colega de FAB, BQ 67-123 Galvão que cuida da ABUL para todos nós.

Quando ele estava sendo admitido eu estava ultimando a aquisição de um conjunto de salas na Av. Pres. Vargas, a 200 m do prédio da ANAC. Eu nem cheguei a “dar expediente” na nova ABUL...o Galvão, por sua vez, está lá desde sua aquisição em 2007.

O Gonçalves administrava a RG Albrecht continuando o trabalho que eu fazia...registrava e transferia aeronaves... cuidava das Licenças de Estação, abria escolas, etc.

Ele ocupava uma sala no conjunto da ABUL e , em troca da ocupação da sala e de sua indicação para quem pedia um Despachante Aeronáutico, ele teria que dar assessoria aos filiados da ABUL nos assuntos ligados ao RAB e DENTEL.

No mês de março de 2018 eu recebi uma carta de um filiado reclamando do serviço prestado pela RG.Albrecht...reclamou , dentre outras coisas, que o Gonçalves queria cobrar pela assessoria e dizendo que não foi atendido com cortesia, etc., etc...

Como esta não havia sido a primeira. Nem a segunda, nem a terceira reclamação, chamei o Gonçalves e  como ele não aceitou estar errado...resolvemos terminar a parceria de 22 anos.

Inicialmente ele ficaria com a empresa de Serviços Aeronáuticos ...eu iria passar as  minhas quotas de participação para seu filho...ele trocaria a Razão Social pois não quero mais meu nome ligado aos serviços prestados à ABUL, tanto de Serviços Aeronáuticos quanto de Seguros.

Por um impedimento na JUCERJ não pude transferir minhas quotas...o Gonçalves abrirá uma empresa e vamos suspender as atividades da RG Albrecht.

Para não haver solução de continuidade na parte de Assessoria, a ABUL está substituindo a RG Albrecht pela MOS ASSESSORIA e a Mirian Oliveira será a nova assessora Aeronáutica que nos ajudará a dar informações sobre os processos junto ao RAB aos nossos filiados e a fazer os registros, transferências de aeronaves e outros serviços que lhe pedirem, filiados ou não. Ela dará 35% de descontos nos serviços prestados aos filiados em dia com a ABUL que assinará um Contrato de Cessão da sala para a MOSS Assessoria.

No dia 28 de março reassumi a RG Albrecht. Quando acabar de pagar os seguros já depositados, vou suspender as atividades da empresa e, por este motivo, a partir de agora os valores referentes a seguros ou a Serviços de Despachante que venham a ser contratados deverão ser depositados na seguinte conta:

Banco BRADESCO

AG: 0447-2

CC: 95740-2

MOS & OLIVEIRA ASSESSORIA E CONSULTORIA LTDA.

CNPJ: 08.967.347/0001-10

 

A MOS ASSESSORIA,  é  uma empresa de Assessoria Aeronáutica que foi constituída em 2007, para atender a EMBRAER, pois a Sra. Mirian Oliveira, como pessoa física, já à  atendia desde o ano 2000. Com a empresa, deu continuidade nos serviços até o ano de 2011. Também prestou serviços para empresas Aéreas do Norte do país e para a Cia Vale do Rio Doce no  setor Aéreo.

Os contatos com a Mirian são: Tel. 021–9.6564.1173 e E-mail: oliveiramirian8@gmail.com.

Tenho certeza que ela corresponderá às expectativas e assessorará convenientemente nossos filiados e, quando contratada para realizar qualquer processo junto à ANAC, DENTEL ou outro órgão, que ela atenderá nossos filiados como os mesmos devem ser atendidos.

Gustavo H. Albrecht

Em tempo...

Gostaria de esclarecer que estou APENAS trocando a empresa que agilizava os seguros RETA, que dava assessoria para os filiados e, quando requerida, fazia o despacho de documentos de registro e/ou transferência de aeronaves. Eu continuarei à frente da ABUL enquanto merecer a confiança dos senhores e for reeleito para presidir a entidade , contando, logicamente com o trabalho do nosso Secretário Executivo Ademar Galvão...
Agradeço as manifestações de apreço que tenho recebido mas, pelo menos até o final de 2019 quando vence o atual mandato da Diretoria, “vocês terão que me agüentar”.

Aos fabricantes de ultraleves

A ABUL disponibilizará gratuitamente uma página do "Ultraleve NEWS" para divulgação das aeronaves ultraleves. A proposta é divulgar uma aeronave por edição publicada. A matéria poderá ser enviada por e-mail para o endereço: documentos@abul.com.br.

ABUL / ANAC

A fim de atender as determinações da ANAC, a ABUL informa que as provas das disciplinas teóricas aplicadas pelos seus representantes Regionais terão que ser aplicadas todas no mesmo dia, obedecendo o mesmo critério de aplicação das provas adotado pela própria ANAC.

Aos pilotos do CAVU,
Telefones disponíveis na sala AIS-SL, para os respectivos serviços:
(98) 4009.4312 para Planos de Vôos e atualizações por TELEFONE    (98) 3245.1553 para Planos de Vôos e atualizações apenas por FAX

Acesse o Serviço de Tarifas de Navegação Aérea no canal de comunicação do DECEA, pague suas dívidas e não seja impedido de decolar.
Publicada em 28/mai/2016

Canal de comunicação do DECEA permite o cadastramento dos operadores de aeronaves, para acesso e pagamento de suas tarifas incluindo as que estão em atraso. As tarifas do INFRAERO são separadas das do DECEA, e muitos operadores estão ficando com dividas, sem saber, e só descobrem quando operam em um aeródromo controlado e não podem decolar por essas dívidas, que o Infraero sabe que são referentes ao DECEA, mas por não ter acesso, fica impossibilitado de emitir qualquer documento que possibilite o referido pagamento. Veja em: Tarifas de Navegação Aérea - DECEA


Informações ABUL

Equivalências de Habilitações para vôos Ultraleves

A Gerência de Controle de Riscos Aeronáuticos - GCRA e Gerência Geral de Análise e Pesquisa da Segurança Operacional da Equipe DCERTA da ANAC, informa que a Superintendência de Padrões Operacionais – SPO, decidiu que será alterada a IS 061-004D incluindo algumas equivalências entre habilitações ICAO (MNTE/MLTE, etc...) com habilitações específicas para Aeronaves Ultraleves, e que foi disposto pela SPO que, interinamente, será seguida a tabela abaixo e, a partir deste momento, o Sistema DCERTA aceitará as seguintes habilitações como equivalentes para os efeitos de aceitação de FPL:

Habilitações de pilotos em...

MNTE / MLTE

MNTE / MLTE

MNAF /  MLAF

MNAF / MLAF

MNAF / MLAF

MNAF / MLAF

MNTE / MLTE

MNAF / MLAF

podem voar ultraleves com exigência...

UATE

UBTE

UAAF

UBAF

UAHD

UBHD

ULTK

UTKA

Recomendações da ABUL sobre os procedimentos para Habilitações Iniciais

A fim de evitar indeferimento dos processos de habilitação pela ANAC, devem ser observadas para as seguintes orientações:

1- O examinador não deve realizar exames de perícia de alunos de entidades com as quais tenha vínculo administrativo ou operacional.

2- O voo de cheque (piloto inicial) deverá ser realizado em aeronave agregada à escola a qual o aluno realizou o curso.

3- O aluno somente poderá ser submetido às provas teóricas após concluído o curso teórico em escola certificada pela ANAC.

4- O aluno somente poderá realizar o vôo de cheque (piloto inicial) após concluído o curso prático e ser aprovado nas provas teóricas.

5- A Ficha de Avaliação de Piloto – FAP, deverá ser preenchida frente e verso, e sem rasuras no preenchimento.

6- O examinador deverá especificar na FAP o nome completo do candidato e, no máximo, abreviar os sobrenomes intermediários.

7- Somente o presidente/diretor da escola ou curso é que poderá assinar a declaração de experiência.

8- No caso de aluno que pretende obter direto o CPR, o examinador deverá preencher também a FAP-CPD.

ANATEL:   Saiba [aqui] sobre a Taxa de Fiscalização dos equipamentos rádios das aeronaves.

Consulte a previsão do Tempo

Imperatriz   :|:   Santa Inês   :|:   Pinheiro   :|:   São Luís   :|:   Grajaú   :|:   Balsas   :|:   Caxias   :|:   + cidades

consulte aqui, em tempo real, o movimento dos vôos comerciais pela tela da Infraero nos aeroportos.

"Tarifas DCEA"
Visualização e Impressão das Faturas relativas à cobrança das Tarifas de Navegação Aérea e dos Demonstrativos das Tarifas a cobrar por Cliente.

"Interpretação resumida do Metar/Speci/TAF" publicado na Biblioteca do site

Veja aqui os 6 documentos que compóe as "Regras Operacionais do Aeródromo do Cavu"

Documentos obrigatórios, on-board na aeronave, para apresentação à fiscalização pertinente.

Veja os Vídeos


ANAC

Alerta sobre as providências para regularização das compras & vendas de aeronaves

Regulamentação Brasileira da Aviação Civil - RBAC/RBHA

Esclarecimentos sobre exigências do Seguro RETA

postado

onde

o que/link

 

16/mai/2017

Vídeos:

Aviões & Músicas - A melhor história da aviação de todos os tempos

Adm do site

04/out/2016

News:

Projeto "Wings for Science" em anfíbio Super Petrel, passa pelo CAVU, rumo a Caiena, na Guiana Francesa.

Adm do site

29/jul/2016

News:

O Clube de Ultraleves do Piauí - CULP, como designativo de aeródromo privado "SJPU".

Adm do site

23/jul/2016

News:

Concluída a obra do Anel Viário do CAVU atendendo a todos os hangares para acesso a pista de pouso.

Adm do site

24/jun/2016

News:

Comemoração dos festejos juninos de São João, proporciona um belo encontro dos associados do CAVU.

Adm do site

11/jun/2016

News:

Cmte. Felipe - Examinador de Vôo ABUL recebe, da Camara Municipal, o título de Cidadão de São Luís.

Adm do site

28/mai/2016

News:

Acesse o Serviço de Tarifas de Navegação Aérea no canal de comunicação do DECEA

DTCEA-SL

15/abr/2016

News:

Solenidade alusiva ao 67º Aniversário do DCEA

DTCEA-SL

30/mar/2016

News:

Convite para solenidade alusiva ao 67º Aniversário do DCEA

DTCEA-SL

24/fev/2016

Papo de Hangar:

Procedimento de troca de óleo do motor ROTAX 912 / HeliRotor

Adm do site

24/fev/2016

Papo de Hangar:

Como fazer inspeção nas velas do motor ROTAX 912 / HeliRotor

Adm do site

28/jan/2016

Papo de Hangar:

Você conhece a "Aviação Experimental"? - Uma abordagem da ANAC

Adm do site

27/jan/2016

News:

Proibição de ingressos de veículos em áreas internas operacionais do aeródromo do CAVU - SIPB

Adm do site

05/jan/2016

News:

Djalma e Newton concluem CBPM e aguardam credenciamento da ANAC para emissão de CMA

Adm do site

       

Click no "icone azul" abaixo, faça zoom deslocando com o botão esquerdo do mouse até a região de seu interesse. Você verá, em tempo real, todos os aviões que estão sobrevoando aquela região. O mapa é atualizado de 10 em 10 segundos. Clicando em um determinado avião, saberá detalhes de sua rota à esquerda da tela (a que companhia pertence, foto do aparelho, velocidade, altitude, aeroportos de saída).


radar de vôo

SIPB
Coordenadas da pista: 02°26'30"S / 044°07'29"W
Pista: Cabeceira 08  -  400m/asfalto + 300 m/piçarra  -  Elevação 109 ft
Operação coordenação rádio (FCA): 123,45

Tel: (98) 9.9903.8322

Reuniões da Diretoria - Todas as 5ª feiras - 19 horas
Dias tradicionais de encontro dos pilotos para os vôos: quintas, sábados, domingos e feriados, a partir das 15 horas
Atenção:  O clube fecha no primeiro dia útil de cada semana para folga dos seus funcionários.

Ilha de São Luís - (Município de Raposa) - Maranhão

 - CAVU -
Clube de Aviação Ultraleve
Sociedade Civil sem fins  lucrativos, inscrito no C.N.P.J./MF sob o nº 08.246.900/0001-25
Sede na Rodovia MA-203 - Estrada São Luís/Raposa, Km 11 - Distrito de Itapeu - Município de Raposa.
Região Metropolitana de São Luís, Capital do Estado do Maranhão

Reuniões da Diretoria - Todas as 5ª feiras - 19 horas
Dias tradicionais de encontro dos pilotos para os vôos: quintas, sábados, domingos e feriados, a partir das 15 horas
Atenção:  O clube fecha no primeiro dia útil de cada semana para folga dos seus funcionários.

CAVU, sigla de Clube de Aviação Ultraleve, também significa o mesmo que CAVOK, "teto e visibilidade OK".
São as siglas que os pilotos, em todo o mundo e em todas as línguas, usam para se referir as condições atmosféricas
e meteorológicas ideais para navegação aérea - céu azul, nenhuma nuvem - CAVU.

As informações contidas nestas páginas são fornecidas pela diretoria do CAVU: cavu@cavu.com.br

Observações sobre a qualidade e informações técnicas sobre o site, encaminhar para: sitecavu@cavu.com.br

Copyright by

Konsulty

(Assessoria Empresarial)

responsabilidade técnica de criação e manutenção:

murilo.konsulty@gmail.com

Site criado em 22.jul.2007

Desenvolvido e mantido gratuitamente, sem nenhuma reciprocidade, somente motivado pelo grande prazer de vivenciar o CAVU